Logo VS Sem fundo.png
 A Arte
do Saber Viver
                                                   Textos Clássicos do Ayurveda 

                                                                                                                          (por indiamedblog)

ayurveda

                                                            A Trilogia Maior 


                                                           - Susruta
                                                           - Charaka Samhita 
                                                           - Ashtanga Hridaya  

 

                                 A Trilogia Menor 


                                 - Sharangadara Samhita 
                                 - Bhavaprakash 
                                 - Madava Nidana 

 


 

 

 

 
ChARAKA SAMHITA

 

Considerado um dos principais textos da sabedoria de cura védica, o Caraka é sem dúvida o mais completo compêndio e o mais conservado texto (em termos semânticos) derivados dos vedas que se mantém até os dias de hoje. Acredita-se que o Caraka foi escrito ou compilado por volta de 2 mil e 4 mil anos a.c., e há a discussão até hoje se Caraka é um autor, um grupo de autores ou uma escola de pensamento da época, visto que a distribuição de conhecimento e a atribuição de autoria era completamente diferente na época.

Segundo a tradição passada de forma textual e verbal na Índia, o conhecimento desses textos sagrados são provenientes de Brahma (o criador), e passada ao seu filho Daksha, que transmitiu o conhecimento herdado aos irmãos Ashwin, médicos divinos. Passado posteriormente a Indra, esse conhecimento chegou a Atreya, autor de um dos livros do Rig Veda, e primeiro ser humano a ter conhecimento do conteúdo médico passado pelos deuses.

 

Atreya atribui a sua linhagem a  Agnivesha, Bhela, Jatukarna, Parasara, Ksirapani e Harita. Os textos originados de Agnivesha são hoje os mais completos herdados da sabedoria védica, e formam a base do Caraka Samhita.

Escrito em Sânscrito, o texto do Caraka Samhita é constituído por versos e rimas, forma clássica de repasse de conhecimento textual na época, e acredita-se hoje que a forma em verso facilitava a memorização e o ensinamento oral. O Caraka é composto por textos que misturam filosofia, medicina, religião e psicologia, apresentando uma consciência de vida integrada e co-dependente do meio ambiente. Completo e detalhado, ele fornece as bases do conhecimento sobre fisiologia, etiologia, embriologia, entre outros conceitos importantíssimos para a prática de cura que hoje conhecemos

bhaskaracharya-karmaveera-special-11-may-2014-e.jpg
susruta_samhita.jpg
SUSRUTA SAMHITA 

 

Também muito importante para a formação do conhecimento ayurvédico no oriente e ocidente, o Sushruta Samhita é uma compilação que possui, além de informações sobre a prática cotidiana aplicada do Ayurveda, também tratados de cirurgia e intervenções clínicas únicas executadas na época. Acredita-se que esse tipo de conhecimento foi necessário devido a inúmeros episódios de guerra, mas sabe-se também que a necessidade de maior conhecimento sobre o corpo humano permitiu a inserção de práticas mais invasivas no corpo humano.

Escrito em prosa e poesia, o Sushruta Samhita contém trechos importantíssimos para a formação da visão Ayurvédica que possuímos hoje, e Sushruta é tido como o “pai da cirurgia” por sua composição.

 

Astanga hridayam

 

Esse texto, também escrito em prosa e poesia, parece ter sido compilado após os dois textos anteriores, e há uma clara união dos conhecimentos dos tratados anteriores aqui,somados a novidades e comentários no campo da medicina védica. Escrito por Vaghbata e aparentemente contemporâneo ao Caraka Samhita, esse texto apresenta diversos tratados de fisiologia e a interação uníssona do corpo humano com elementos da natureza, então tratados como elementos terapêuticos.

 

51vyirqgvvl-_sx331_bo1204203200_.jpg